"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

A paz que vem de Deus




As Escrituras fazem diferença entre paz e PAZ.

Sim! Para Deus uma é a paz do homem e outra é A PAZ DO CÉU.

Foi por isto que Jesus disse “a minha paz vos deixo, a minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo”.

Afinal, uma é a paz dos homens e outra a paz de Deus.

A paz dos homens tem a ver com conforto, equilíbrio de poderes, controle, domínio, bens, seguranças, sucessos, liberdade de expressão, determinações afetivas, reconhecimento, tranquilidade, autodeterminação, boas sensações.

Ora, tire-se qualquer dessas coisas de um homem e ele perderá toda paz que supostamente possua.

A paz de Deus, no entanto, não é assim. Pois se a paz dos homens decorre de muitas bênçãos e prosperidades, a paz de Deus, no entanto, decorre de Deus apenas, e não de circunstâncias favoráveis.

A paz do homem é sempre emocional. A paz de Deus, entretanto, é ultra-circunstancial, visto ser um estado que transcende a tudo.

Jesus deixou claro que uma é a paz da terra e outra a do céu.

“A minha paz vos dou; não vo-la dou como a dá o mundo”.

Assim, pergunto:

Qual é a paz que você busca?

A que depende do Paraíso se manifestar na terra, conforme os caprichos e ilusões do homem? Ou aquela paz que excede ao entendimento, e que está presente em nós, mesmo quando o mundo todo nos designa como azarões?

O conceito judaico de paz, o Shalom, é o de uma paz integral: corpo, alma e espírito.

A paz de Cristo, no entanto, é maior do que o conceito de Shalom.

Afinal, em Jesus, com sucessos ou não, A PAZ É REAL, e não se intimida e nem foge ante a angústia, a perda, a catástrofe, o cerco, a opressão e qualquer outra coisa desta existência.

Sim! Jesus é a nossa paz; e nada mais além Dele!

Alguém lê isto e diz: Eu já sabia. Nada novo!

Ora, eu não estou aqui para pregar novidades, mas apenas para anunciar aquilo que, em sendo vivido pela fé, faz a pessoa viver em novidade de vida.

Portanto, pergunto:

Qual é a vantagem de dizer que sabe algo se você diz que sabe sem ter jamais provado?

A paz de Deus não é uma bandeira. Ela é apenas paz para ser vivida, e não pregada como discurso de sedução aos angustiados.

Paulo diz que tudo isto se transforma em fato e realidade em nós se aprendermos a pensar, a sentir, a imaginar e falar; pois, a paz de Deus enche o coração de quem pensa o que é bom e justo, e busca sentir e falar apenas aquilo que seja construtivo.

A esses se diz que a paz de Deus que excede a todo entendimento encherá suas mentes e coração.

Tudo isto que estou dizendo somente será verdade quando for verdade em você.

*****************

Estou postando NOVAMENTE  <--clique aqui para ver a autoria e a fonte este texto devido a uma grande tribulação que venho passando há alguns meses.

E glorifico O NOME DO SENHOR, porque apesar das tristezas que porventura eu tenha que passar, permaneço firme na fé.

Ele me disse:

"Invoca-me no dia da tua angústia; eu te livrarei, e tu me glorificarás". (Salmo 50.15)

Deus é maravilhoso, ele não nos tira da adversidade mas nos tira a angústia do peito.

Por isso, não há NENHUMA tristeza nesse mundo que me tire a paz que Ele mesmo TATUOU para sempre em meu coração.

Glórias pois, a ELE, eternamente!!!

Regina Célia

11 comentários:

CARLOS HERRERA disse...

ÓTIMO TEXTO!!
A PAZ DE DEUS, FAZ TODA DIFERENÇA NA VIDA CRISTÂ...
O MUNDO PODE ESTAR PEGANDO FOGO...NÃO TEMEREI MAL ALGUM! PORQUE SUA PAZ HABITA O MEU SER...

A SEMANA QUE VEM VOU POSTAR ESSE TEXTO NO MEU BLOG, DANDO A FONTE..OK
ABRAÇOS
BOM FIM DE SEMANA
cativosporcristo.blogpost.com

João Carlos disse...

Bispa,

Que mensagem linda e oportuna!

Somente quem vive o que você tão bem escreveu tem autoridade para falar desta PAZ!

Vou mandar este seu texto para algumas pessoas que precisam vivenciar esta verdade sublime...

Beijos

JC... em PAZ!

Regina Farias disse...

Carlos,
Fique à vontade, precisamos mesmo levar uma mensagem de fé e esperança ao mundo. E assim nos realimentamos também.
Não esqueça mesmo a fonte rss
O texto é do Caio Fábio :)
Bom fds pra ti também!
Abs,

Regina Farias disse...

Pastor (eu me vingo com esses títulos he he)

Veja bem, eu apenas reescrevi, as palavras não são minhas, (veja lá onde clicar rss) embora as faça minhas por eu ter vivenciado muito bem essa outra paz. Essa paz dos homens. Essa paz "do mundo".

Uma paz que tem uma linha bem sutil separando-a da verdadeira PAZ, uma paz que nos engana até que nela somos abençoados, já que nela temos "tudo" que precisamos, como bem coloca o texto.

A cilada é que a linha é sutil pra quem tá "do lado de lá".(Na paz do mundo)

Do lado de cá, da verdadeira PAZ, a diferença é enorme. E só dá pra sacar a diferença que EXPERIMENTA da verdadeira PAZ!!!

Portanto, só quem já experimentou dessa outra paz que dá uma falsa segurança é que pode falar com autoridade, posto que há uma separação vivida na própria existência.

Glórias pois a Deus, eternamente!!!

Paz!:)

R.

René disse...

Rê,

Eu vivia a paz do mundo. Um belo dia, o Senhor deu um "basta!" e me disse: "eu te darei a tua vida como despojo, em todo lugar para onde fores" (Jr 45.5).

Desesperado, pensei comigo: "Deve ser brincadeirinha! Isso aí foi só pro profeta chorão!".

Ledo engano! O Senhor me 'zerou' mesmo! Mas foi no 'zero' que Ele me fez conhecer Sua Paz, na prática. Hoje, depois de tantos anos na Sua total dependência, testifico com você a verdade que há nas palavras do Caio e nas suas.

Ele nos deixou a Sua Paz, ela é real, e é indescritível. O mais perto que se pode chegar de descrevê-la é dizer: "Entrei no descanso do Senhor!".

Bj e seu coração, Rê, e continue na Paz!

disse...

Verdadeiramente a paz de Deus existe, ja vivi muito perdida buscando uma paz momentânea, mas depois que conheci a paz de Jesus, Glória Deus, nada se compara.Bjs minha Bispa!

Wendel Bernardes disse...

Olá Rê,
(o René te chamou assim agora eu tb quero!)

Eu fiquei muito feliz com uma certa citação:
Alguém lê isto e diz: Eu já sabia. Nada novo!
Ora, eu não estou aqui para pregar novidades, mas apenas para anunciar aquilo que, em sendo vivido pela fé, faz a pessoa viver em novidade de vida.

Eu acredito exatamente assim... na verdade acho que Paulo pensava a mema coisa quendo disse que emsmo que um anjo viesse nos trazer algo novo não era algo proveitoso para nós como Igreja...

Acredito que seja assim,
vivendo o que jesus já mostrou, pregou e executou que possamos viver uma vida carregada nos ombros da misericórdia, chegando até os portões do 'céu'.

Essa é a paz que excede o entendimento! A paz de cr~er que Ele é Ele em nossas vidas independente 'deles' e de nós!

Belíssimo texto (seja seu ou não)

Paz querida (Bispa)!

Regina Farias disse...

Wendel,

Exatamente!

Saber (quase) todo mundo sabe, quero ver praticar.

Foi o que Jesus disse: ora, se sabeis essas coisas, bem aventurados sois se as praticardes.

Viver o Evangelho no cotidiano não significa ser o piedoso e bonzinho do monastério, com cântico gregoriano nos lábios, isolado do mundo. É viver no caos do mundo uma paz que não é do mundo. É viver levando cacetada e entristecer-se mas sem entrar em pânico por ter o foco no Evangelho.

Gosto muito dessas palavras de Paulo (2Co 4.8) e as repito muito ultimamente:

"Em tudo somos atribulados, porém não angustiados; perplexos, porém não desanimandos; perseguidos, porém não desamparados; abatidos, porém, não destruídos".

E perseguição não existe apenas aquela explícita, agressiva, que leva a pessoa pra fogueira em meio a uma multidão de expectadores. Existe a perseguição velada que tenta minar nossas energias mas cada vez mais eu vejo como um teste à nossa fé. E quanto mais sou provada, mais eu me coloco aos pés da Cruz!

Ah e quem inventou esse lance de bispa foi o J.C. Prometeu até que íamos vender umas rosas ungidas e até agora nada. Tô esperando rss Esse marqueteiro tá me enrolando.

Brincadeirinha, é só pra tirar onda, pois ele sabe que eu tiro onda com os currículos teológicos que a gente vê por aí (Vc sabe do que falo, abafa...)

bjs

Bispa Rê. :P

p.s.: e não foi o Renê quem disse, foi a Rô. :)

Regina Farias disse...

Renê e Rô,

Fico feliz pois sei que vcs sabem do que tô falando.

Pois só quem já viveu a outra e, DE FATO, vive a verdadeira, não apenas "sabe", como denuncia esse saber em seu estilo de vida.

Não significa que passe a ser a pessoa mais correta da face da Terra e sim que foi tocado pela Graça de tal maneira que sabe que fora dela não tem qualquer chance de segurança alguma.

Beijos a todos e obrigada por complementarem tão bem esse texto tão precioso para mim.

yandra Katiuscia disse...

Texto maravilhoso tia Regina.. Queria ter mais tempo para desfrutar dos aprendizados desse blog. O senhor é o único que nos traz a paz! E eu sou testemunha de tudo que você passou antes de receber essa paz que excede todo o entendimento. Eu me aproximei de voc~e exatamente no momento de grande angústia da sua vida . Saiba que sinto e vejo em você o agir de Deus. Beijos. E " bora ler " Yandra..
Sim, esse fimd e ano está uma correria , mas voc~e precisa ver Giovana.. Está muitooooo sabida! rs. Bjos. Yandra

HP disse...

Regina,

Lindo texto. Precisamos viver nesta Paz que é Cristo.

Paz esta que nos faz entender que não somos deste mundo. Paz esta que nos garante que nada nos separará do amor de Cristo. Nem a nudez, nem a fome, nem a altura, nem a profundidade... nada nos separará do amor de Deus que está em Cristo Jesus.

Na Paz que Ele nos deu,

Henrique