"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O Antigo e o Novo


“Os pecados que faziam separação entre nós e Deus foram de todo removidos. Por isto, todo aquele que invocar o Nome do Senhor será salvo. Ora, essa salvação não é apenas um passaporte para a eternidade. Ela é, sobretudo, uma certidão de libertação da culpa, da vergonha e do medo, inclusive o medo da morte. É sem culpa que nós temos que tratar dos nossos pecados”.



Xeretando as “postagens populares” no blog do Marcos vi, casualmente, uma pergunta de um anônimo endereçada a mim.

Como disse lá, eu acho meio esquisito estabelecer uma conversa com uma pessoa que não se identifica como se tivesse receio de mostrar a cara, como se fosse proibido falar de suas convicções a céu aberto. Desculpe-me qualquer anônimo pela franqueza, mas é como se não tivesse noção da verdadeira liberdade comprada a preço de sangue.

Outra coisa típica de anônimo: esse negócio de querer provar um ponto doutrinário de determinada denominação através de alguns versículos não funciona comigo que tenho a Bíblia inteirinha à mão e dela faço bom proveito; e justamente para não me limitar a regrinhas denominacionais de salvação ditadas por versículos soltos, mas ao contrário, para ser curada dessa pretensão religiosa que adoece e compromete meu relacionamento com Deus e com o próximo.

Por tudo isso e mais alguma coisa, eu não me sinto na obrigação de responder a nenhum anônimo, até porque quem faz esse tipo de questionamento já está tão engessado que só mesmo o Espírito Santo de Deus pra quebrar essas correntes religiosas/doutrinárias/denominacionais e fazer enxergar o que é tão simples. Por outro lado, eu não vou parar nunca de falar da minha esperança em Cristo, mas repito que tenho a consciência de que quem convence que IGREJA não é um lugar e sim um AGIR de Deus nas pessoas de boa vontade, não sou eu, mas o Espírito Santo de Deus. E eu não preciso ser nenhuma acadêmica em teologia para isso. Afinal, Deus nos capacitou e concedeu o acesso livre às Escrituras.

Pergunta do anônimo:

“Te pergunto: você segue os dez mandamentos?
Outra pergunta qual lei devemos seguir os 10 mandamentos antiga aliança concedida através de Moisés ou a nova aliança concedida através de Jesus Cristo?”

Se eu sigo os dez mandamentos...

Taí uma pergunta interessante. Seguir é uma coisa e cumprir rigorosamente é outra. Seguir eu sigo, sim, pois essa é a premissa de todo filho de Deus que tem sinceridade no coração. Já cumprir, rigorosamente, sem erro, sem vacilo, é humanamente impossível, pois todos nós - os filhos que vemos o agir de Deus através de nós - somos falhos, pecadores e sujeitos a “cair”.

A meu ver, é aí onde entra a resposta à segunda pergunta. Apesar do cumprimento rigoroso de todas aquelas exterioridades o homem continuou sem paz, se consumindo pela culpa, pela vergonha e pelo medo. Então, nosso Pai Eterno, pelo Seu Amor e Misericórdia, estabeleceu “em tempo oportuno” a Nova e Eterna Aliança, realizada por meio do sacrifício do Seu Cordeiro na Cruz e substituindo todas as ordenanças exteriores em relação aos sacrifícios e às cerimônias de purificação.

Por meio do sacrifício definitivo de Cristo temos o PERDÃO dos nossos pecados, abolida assim toda aquela necessidade de sacrifícios levíticos. Essa Aliança foi feita para Deus se reconciliar de uma vez por todas com seu povo pecador. Veja bem, eu não estou falando do crente que comete pecado deliberadamente, ou seja, aquele pecado cometido conscientemente. Falo de uma confissão, uma declaração pessoal a Deus para que a comunhão com Deus seja restabelecida. O evangelista João nos diz que se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e NOS PURIFICAR de toda injustiça. Essa purificação se dá pelo sangue de Jesus, na Nova e Eterna Aliança.

E, nessa reconciliação perfeita, não apenas nos livramos da culpa, nos reconciliando com nós mesmos, como nos reconciliamos com o próximo. Sim, pois quando somos curados de nossas mazelas, somos munidos de leveza e naturalidade para conviver com o semelhante da forma mais saudável possível. Paulo diz ao povo de Corinto que Deus nos confiou o Ministério da Reconciliação e essa é a ideia central da Aliança: reconciliados com Deus, com nós mesmos e com o próximo.

E todos viveram felizes para sempre...

Certo? Errado. E não porque a Nova e Eterna Aliança não seja Perfeita e Definitiva, mas porque o bicho homem é teimoso e segue suas próprias regras. E aqui voltamos à objetividade da pergunta, pois o fato de Deus ter rasgado o antigo testamento (Aliança onde o povo se purificava com ordenanças exteriores)  e feito um novo testamento (Aliança por meio da Cruz) - não anula, de forma alguma, os mandamentos.

E pelo que vejo por aí... É aqui que está formada a salada.

Ora, Jesus nos diz, claramente:

“Eu não vim revogar a Lei ou os Profetas; não vim revogar, vim para cumprir.”

A substituição é de Alianças. Da antiga - por meio de sacerdotes - pela Nova – através de Um Único Sacerdote - e que estabelece definitivamente uma relação íntima e pessoal com Deus. E isso não significa que deva ser anulado o que foi dito por intermédio do profeta. Por isso que tem uma frase atribuída a Agostinho que diz, em outras palavras, que o Novo está oculto no Antigo e o Antigo desvendado no Novo.

E aí é que o denominacional, o apegado à igreja (o idólatra) não consegue entender. Porque assim, nessa Nova Aliança, Deus nos traz para fora do templo. E isso não exclui se reunir em culto e exortar uns aos outros. Não é isso! Exclui, sim, todas aquelas exterioridades, aqueles esforços ineficazes para a salvação e que ainda hoje se vê nas denominações, como se a Nova Aliança nunca tivesse acontecido.

É como se esses tais crentes que estão abafando - e seus líderes - que assim agem, estivessem todos os dias anulando o Sacrifício Perfeito da Cruz.

Vejam só a triste e lamentável ironia...





48 comentários:

Rita disse...

Olá,Paz
Amei a resposta,não vejo razão também para alguém não se identificar,uma vez que somos livres verdadeiramente em Cristo,concordo com seu texto ,está bem definida sua compreensão.
Nós,assim como o Senhor devemos sair para fora do arraial...
Igreja somos nós,o templo do Senhor,esses rituais malucos e essa prisão denominacional está anulando o sacrifício da cruz,e infelizmente há muitos que dormem...
Nós amamos como imitadores de Cristo a Deus acima de todas as coisas,e ao próximo por isso cumprimos a Lei,por sermos salvos não para ser...ao homem natural é impossível cumprir a LEI,mas em Cristo que nos libertou somos mais que vencedores,Ele não aboliu a Lei, a cumpriu para que por Ele fôssemos justificados na nossa fraqueza.
Desculpa se me alonguei,mas me empolguei com teu texto,muito bom.
Que o Senhor retire o véu dos anônimos para que resplandeçam na luz da verdade.
Graça e Paz Regina!

João Carlos disse...

Eita laiá!!!

Você levou esta na cara foi sua pecadora perdida????????

A-vi-ão! Segue os dez mandamentos varoa?

Só pela misericórdia de Deus. Não entra em minha cabeça convertida esta religiosidade farisaica que faz estas pessoas pregarem algo que NINGUÉM é capaz de viver plenamente, mesmo porque a Lei não traz vida e sim a morte.

Esta foi a missão da Lei: Ser o aio que nos conduziu à Graça, através do sacrifício de Nosso Senhor.

(Sei que você sabe, só estou repetindo o que vivemos em plenitude...)

Outro ponto que parece que alguns não entendem é que, quando Jesus fala que não veio revogar a Lei, mas sim cumpri-la totalmente, Ele está dizendo que ELE VEIO CUMPRIR TODA A LEI, para que pudéssemos ser justificados através DELE, e não por nossos esforços pessoais.

Ó Espirito, derrama compreensão para este povo!!!!!!!!!!!!!!!!


Beijos

João Carlos (estranhou né? É que eu acho meu nome bonito pra caramba!!!)

Regina Farias disse...

Rita e J.C.

Muito obrigada pelo complemento, é de grande valia!

E, só pra você se situarem melhor, a pergunta do anônimo foi devido ao que eu falei abaixo:


"Ensinamento não é mandamento.

Aliás, os 10 mandamentos são todos ligados à RELAÇÃO com Deus e com o próximo.

Não tem NEM UMZINHO SEQUER referente a usos e costumes!

Todos dizem respeito à nossa RECONCILIAÇÃO com Deus, com nosso próximo e com nós mesmos e não com ordenanças externas.

"Ele nos reconciliou por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação". (Aliança eterna e perfeita realizada na Cruz)

O mais é acréscimo de homens..."

Agora eu pergunto, sinceramente: eu disse alguma coisa errada?

Abs,

Ah e eu não sou uma pecadora perdida, sou uma pecadora ACHADA!!! :)

CARLOS HERRERA disse...

BELO POST
REGINA, VC RESUMIU BEM...

O RELIGIOSO ESTÁ ENGESSADO, EMPEDRADO E ACORRENTADO PELA ALGOZ DA RELIGIOSIDADE.
ELE PENSA SER O CUMPRIDOR DA VERDADE NORMATIVA DA LEI DIVINA,E CEGAMENTE SE SENTE AUTO-JUSTIFICADO NOS MÉRITOS CUMPRIDO. POBRE DIABLO!

MAS ESTOU CONTIGO E NÃO ABRO...EXISTE UM QUE QUEBRA AS CORRENTES DA ESCRAVIDÃO, QUE LIBERTA A MENTE DA PRISÃO AGONIZANTE E QUE ESTABELECE A VERDADE EM NÓS POR MEIO DA REGENERAÇÃO.

ABRAÇOS
cativosporcristo.blogpost.com

Rosa de Saron disse...

Minha querida,

Nnunca vi uma explicação tão clara e sábia sobre a Lei e a Graça. O que ocorre muito no meio cristão é exatamente isso, eles confundem o que é a Graça de Deus, achando q por ela não terão de cumprir a Lei.

Amo seu blog! E sua vida que se faz instrumento para a revelação pelo Espírito Santo de Deus!

Jesus te abençoe!

Bjim!

Rita disse...

é isso aí Regina
"Ele nos reconciliou por meio de Cristo e nos deu o ministério da reconciliação". (Aliança eterna e perfeita realizada na Cruz)

O mais é acréscimo de homens..."

O que não for temor obediência e amor,é perfeitamente dispensável.

Paz!!

disse...

"Mas todas as coisas provêm de Deus, que nos reconciliou consigo mesmo por Cristo, e nos confiou o ministério da reconciliação" - II Coríntios 5.18.
Adoro te lê mana, é isso mesmo. Paz!

Ricardo Mamedes disse...

...Crucificando Cristo novamente, e novamente, e novamente...

Eles estão a anular a graça, lançando novos "fundamentos" (ou rudimentos, para lembrar Paulo?)para alcançar a salvação.

Na verdade, a lei serviu para evidenciar o pecado; não fosse a lei não haveria pecado. Adão pecou porque transgrediu a lei (não coma da árvore da vida...) e nós todos pecamos por imputação, assim como, por imputação, também fomos justificados em Cristo Jesus, o segundo Adão.

A salvação é pela graça somente, não por sacrifícios e libações, não por comer ou deixar de comer, não por observar ou deixar de observar preceitos e dogmas (Efésios 2:8-9). E nada há que possamos fazer para substituir a graça, nem mesmo nos apegando à Lei - impossível de ser cumprida por pecadores, como somos todos nós (Romanos 3:23 e 3:10-12).

Mais um ótimo texto, caríssima amiga. Eu ousaria dizer que é bastante "teológico" (rsrsrs).

Abraços.

Ricardo.

Regina Farias disse...

Rosa,

Engraçado que a gente vive uma vida inteirinha em meio a religiosos e não consegue entender o que é Evengelho. Aconteceu comigo, por isso me sinto na obrigação de falar. Principalmente sendo arguida. Ainda que por um anônimo rss

Brigadinha pelas palavras carinhosas, mas cada vez mais eu sinto essa necessidade em mim como algo vital. Sou eu que preciso colocar em palavras escritas entende?

Beijos,

Rê.

Cláudio Nunes Horácio disse...

Re, a eclesiolatria é evidente. Quanto a cumprir os 10 mandamentos, sugiro o vídeo do Caio:
http://vimeo.com/channels/caiofabio#2924302
Beijo

Regina Farias disse...

Carlos,

O que mais me impressiona é a "convicção" desse tipo de religioso.

Só mesmo Deus para quebrar essas correntes chamadas crendices religiosas.

Abraços pra ti tb:)

Regina Farias disse...

Rô, minha linda

Faltou euzinha colocar "consigo mesmo".

"Ele nos reconciliou CONSIGO MESMO por Cristo".

Valeu.

bj

Rê.

Regina Farias disse...

Ricardo,

Seu complemento também é sempre bem vindo!

E o texto de teor "teológico" que eu acho enfadonho é aquele que não diz nada de vida prática, só estudo "sacal", vc sabe bem do que falo. :)

Abraços pra ti tb.

Rê.

Regina Farias disse...

Cláudio,

Vou ver agora mesmo!

E eita que hoje foi o dia dos videos, né? rss

Mas ainda bem!!!

bjs

Rê.

Regina Farias disse...

Cláudio,

Video excelente. Mas de um video assim os religiosos passam longe.

Pois é,
Tantos que nunca mataram e são homicidas na alma...
Quantos falsos testemunhos através de versões próprias contando um conto e aumentando um ponto, queimando o filme de outra pessoa...

Queremos ser tratados com graça mas não damos graça...

Quantos pesos e medidas, menos o padrão da Graça!


Por isso que pra muitos é mais fácil a farsa da religiosidade.

Mas que fique a palavra final da pregação em nossas mentes e corações:

"Qeum não tem tudo pra dar traz a Ele tudo que tem".

bj

Rê.

Wendel Bernardes disse...

Eu fico mesmo pensando onde vamos parar viu?

O direito de ter expressão (ainda que errada, ora bolas) é simplesmente negado por alguns loucos agregados a Teocracia do Não Toquei nos Meus Ungidos"...

É tanta babaquara, pataquada e outras onomatopéias que nem sei o que dizer...

Evangelho deve ser VIVIDO anomimamente, mas opinar é sempre bom botar a cara, covardia também é pecado...

Bj Rê!

Anônimo disse...

Cara colega blogueira,
Que a paz de nosso Deus e o santo amor de Cristo esteja em teu coração..
Gostei do texto, faz-nos pensar, mas a questão é a seguinte para você que gosta tanto do direito: O que acontece com as pessoas que cometem um crime, ou infringem uma lei aqui na terra??? Vão ser apenados com certeza. No caso dessas mesmas pessoas reincindirem no mesmo crime, ficarão isentas da pena por já haverem cumprido anteriormente? Não. Da mesma forma Deus... Ora se o homem é tão inteligente para apenar duas vezes o seu semelhante e, Deus?? Você acha que ele perdoará a pessoa que persiste em cometer o mesmo tipo de pecado, estando consciente que aquele procedimento o desagrada? Não... Deus perdoa o inocente. Aquele que não tem consciência que o seu ato ou comportamente infringe os seus mandamentos sagrado, mas a partir do momento que você se achegou ao Santuário de Deus e ele por sua misericórdia lhe fez ciente de seus mistérios e de como convêm agradá-lo, você não poderá mais ser perdoado... O próprio Jesus Cristo, quando eteve aqui na terra, todas as vezes em que ele curou alguem ou libertou das garras de satanás, ele próprio disse: NÃO PEQUES MAIS, para que não te suceda algo pior... É este exemplo que temos que seguir... Este é o verdadeiro exemplo de amor... Se não podemos cometer crimes, ou infringir as leis da terra, a Lei do Céu, pior. A lei do Céu é inexorável... O preço do pecado é a morte, tanto da carne quanto da alma. Falo com conhecimento de causa.

Regina Farias disse...

Tá vendo o que eu digo, anônimo?

Não é nada pessoal, mas você está reiterando tudo que falei a respeito de comentário de anônimo.

Primeiro, você inicia dizendo que gostou do texto e que o mesmo FAZ PENSAR.

Entretanto, logo em seguida faz alguns questionamentos, não para ter qualquer esclarecido mas para PROVAR o contrário do que foi dito. Ou seja, chega robotizado, com opinião formada, e não disposto a pensar, como afirma antes. E não disposto a ler o Evangelho despido das cargas doutrinárias pesadas que negam o Evangelho de Paz e Vida (como vi em video ontem à tarde e que até recomendo).

Mas isso que recomendo é apenas para quem está DISPOSTO a se desvencilhar dessa armadilha chamada doutrina de homens QUE REALMENTE SÓ TRAZ MORTE, só escraviza, só oprime.

E eu repito aqui o que falei no texto: geralmente o anônimo usa versículos soltos, distorcendo o Evangelho.

Que história é essa de “não poder mais pecar” por ter se achegado ao Santuário de Deus”?
Nós somos juízes para afirmar isso categoricamente? Agora somos COoperadores de Deus no Tribunal de Justiça? Somos os juizesinhos da terra e Ele o grande juizão?

Meu irmãozinho, só Quem tem o poder de julgar cada um por seus feitos é Ele e mais ninguém. Nossa medida é limitada, distorcida, injusta. Ele, que esquadrinha o nosso coração, é que tem a medida justa para aquele julgamento final.

E de que santuário de Deus você fala? É Deus Quem se instala na pessoa! Não há um local. O “local” de adoração é o nosso ser, a nossa mente, o nosso coração, a nossa existência. Nós somos o Santuário de Deus!

E quando Jesus disse “para que não te suceda algo pior” ao homem do tanque de Betesda, Ele se referia à cura que havia feito. O cara estava paralítico era NA ALMA! Aquilo ali era a clássica doença psicossomática que o homem pretensioso acha que descobriu a semana passada. Ora, doença psicossomática é coisa tão antiga quanto o homem.

Mas olha, se houver mesmo disposição em seu coração para MUDAR leia o texto que escrevi sobre isso: http://reginafarias.blogspot.com/search?q=o+homem+do+tanque+de+Betesda

Jesus sabe que o paralítico na alma racionaliza tudo, é inteligente, é teimoso e resiste em romper seus limites! E ainda tenta se justificar, tendo explicações na ponta da língua para o seu caso “sem solução”. Uns são reclamões, outros são mais sutis, e há ainda os silenciosos que dizem a si mesmos cheios de ressentimento: “Foi Deus quem quis assim”

Ora, se a pessoa tinha sua autoestima lá embaixo, a ponto, de à beira da própria cura (á água milagrosa) levar tantos anos doente na alma, imagine quanto tempo mais levaria se entrasse naquela neurose novamente.

Se pensarmos em um Jesus vingativo, cruel e castrador, o que dizer do Jesus Salvador e Redentor? Então o evangelista está nos enganando quando diz que Deus enviou o seu filho não para julgar, mas para salvar.

Que tipo de amor neurótico é esse que você está pregando, caro anônimo?! Está mais parecido com o “amor” dos homens. E dos homens cruéis, implacáveis, insensíveis, que não se espelham no “Evangelho de Vida e Paz”.

Veja o vídeo  http://arazaodaesperanca.blogspot.com/2010/12/sementes-e-solos.html

Ah, e tem mais! A sua pergunta direta a mim, foi a seguinte:
Você acha que Ele perdoará a pessoa que persiste em cometer o mesmo tipo de pecado, estando consciente de que aquele procedimento o desagrada?
Mas aí você mesmo responde imediatamente que não. Que Deus só perdoa o inocente. Ora, me desculpe mas isso é doutrina de homens e eu a conheço bem, posso até dizer a qual denominação você pertence. Só que não vem ao caso.

Regina Farias disse...

E se Deus só perdoa o inocente, coitado de Pedro que viveu literalmente ao lado de Jesus e além de ter negado três vezes na mesma fatídica noite ainda sentou na roda dos escarnecedores. Pra completar foi repreendido severamente por Paulo por estar pregando doutrina de homens. Coitado de Pedro, que na sua concepção, deve estar ardendo no fogo do inferno.

E o que dizer do mala na cruz? Tão inocente, o bichinho...

Você diz: Porque a pessoa se achegou ao seu santuário (templo) e faz conhecedor de seus mistérios e de como convém agradá-lo e por isso não pode mais ser perdoado.
E cita a passagem do homem do tanque de Betesda, generalizando.

Quem coloca qualquer carga de ameaça, na expressão usada por Jesus “Não peques mais” é o próprio homem que tem a pretensão de reinventar o que já está feito.
E ainda diz “esse é o exemplo que temos que seguir, esse é o verdadeiro exemplo de amor”.

Aí você encerra com a pérola: “o preço do pecado é a morte da carne e da alma. Falo com conhecimento de causa”. Cheio de si, não precisa mais do Evangelho, pois aconteceu com você, não é? Já vi esse filme...

Ora, essa morte que Paulo fala aos romanos é a ausência de Deus, pois sem Deus não há vida. Não significa que Paulo tenha dito que todos que pecam têm que morrer. Aliás, diga-se de passagem, que ali ele usou uma analogia com os escravos da época. E aqui eu repito sobre o risco de se falar versículo solto, percebendo cada vez mais que algumas pessoas vivem obcecadas com as cartas de Paulo como se estas fossem “revelação dos mistérios de Deus” só para os seus escolhidos que estão em determinada denominação.

Você diz: Se não podemos cometer crimes ou infringir as leis da terra, a lei do céu é pior. A lei do céu é inexorável.(implacável)

Aí, meu amigo, me desculpe, mas você está fazendo a velha salada que eu falei.

Nas leis da terra, como diz você, o criminoso é punido para que ele se conscientize do mal que fez. A lei da terra, como você diz, é lei de Deus também. E a “lei do céu”, propriamente dita, não pode jamais ser pior, se a da terra é na intenção de conscientizar, de promover uma mudança de caráter.

Quando José usou de estratégia para deter os irmãos não foi por ser implacável e rígido com o mal que lhe fizeram. E sim para que estes “caíssem em si” no que haviam feito. E olhe que eles viviam em um contexto cultural (lei dos homens) onde a penalidade para roubo de determinado tipo objeto era a morte física.

A lei do céu como diz você, é infinitamente mais misericordiosa, pois onde abunda o pecado, superabunda a GRAÇA.

O que eu vejo aqui na terra, são denominações com seu pacote de doutrinas malucas e castradoras fazendo isso aí nas almas das pessoas, acendendo a ira de uma pobre mortal, imagine a de Deus...

Anônimo, na boa. Não deixe de ver o vídeo e ler o texto. Quem sabe o mesmo o leva a PENSAR e perceber que seu “conhecimento de causa” precisa ser ver revisto urgentemente “para que não te suceda coisa pior”.

E, parafraseando-o, que a verdadeira paz de nosso Deus e o santo amor de Cristo esteja em teu coração!

Com carinho,

Rê.

Cláudio Nunes Horácio disse...

Amém Rê, assim é no Evangelho. Graça e boa vontade. beijão.

João Carlos disse...

Anônimo,

Noto que você está numa árdua missão de tentar convencer a Regina que ela vai para o inferno certo?

Noto também que, para alcançar esta sua nobre missão, você utiliza as Sagradas Escrituras como um livro de receitas, separando o que você gosta de comer e esquecendo de todo o resto, se não cuspindo sobre o que não te agrada.

Se não, vamos à 1 João 2.1-2:

"Meus filhinhos, escrevo-lhes estas coisas para que vocês não pequem. SE, PORÉM, ALGUÉM PECAR, TEMOS UM INTERCESSOR JUNTO AO PAI, JESUS CRISTO, O JUSTO. Ele é a propiciação pelos nossos pecados, e não somente pelos nossos, mas também pelos pecados de todo o mundo".

Já ouviu falar deste versículo, que na verdade resume todo o "espírito" da missão de Cristo aqui na terra?

Não vou nem questionar sua covardia em não se identificar. Anonimato não passa disso. Agradeça à Regina em mesmo assim aceitar seu comentário.

Fazemos isso para poder de alguma forma tentar enfiar na cabeça de pessoas como você que o farisaísmo é pecado muito maior do que este "pecado" que você combate, à semelhança de Don Quixote, lutando contra moinhos de vento, pensando que eles eram gigantes a serem vencidos.

Fez-me lembrar também da advertência de Jesus a pessoas que agem como você:

"Então, Jesus disse à multidão e aos seus discípulos: "Os mestres da lei e os fariseus se assentam na cadeira de Moisés. Obedeçam-lhes e façam tudo o que eles lhes dizem. Mas não façam o que eles fazem, pois não praticam o que pregam. Eles atam fardos pesados e os colocam sobre os ombros dos homens, mas eles mesmos não estão dispostos a levantar um só dedo para movê-los. Tudo o que fazem é para serem vistos pelos homens. Eles fazem seus filactérios bem largos e as franjas de suas vestes bem longas; gostam do lugar de honra nos banquetes e dos assentos mais importantes nas sinagogas, de serem saudados nas praças e de serem chamados 'rabis'." - Mateus 23.1-7

Espero que a carapuça sirva...

Luciana Fernandes disse...

Oi Regina! Tudo bem?
O que o anônimo quis te perguntar, de verdade quando te interroga se você segue os dez mandamentos?
Por acaso, você acredita, que o sujeito se referia a guardar domingo? Talvez essa pessoa pense que guardar o domingo é, também, comparecer no templo?
Se for mesmo o que estou pensando, não consigo identificar o que é pior: Não se identificar ou acreditar em seguir mandamentos?
Como pedagoga, não consigo deixar de explicar. Pois bem, caro anônimo, seguir significa ir atrás; acompanhar; andar em. Nem de longe é o mesmo que compreender.
Portanto, seguir é tão insignificante quanto comparecer aos templos espalhados sem compreender o que se faz lá.
Sinto-me imensamente agraciada por nunca ter pertencido a doutrinas e religiões, pois correria o imenso risco de ficar seguidora de algo como nosso "amigo" anônimo.
Um forte abraço,
Luciana Fernandes.

Regina Farias disse...

J.C.

Eu acho que o anônimo está na árdua missão de tentar convencer a si próprio de que ele não vai pro céu, isso sim! Veja que angústia!

E isso, através do pacote que lhe enfiaram goela abaixo e que o sufucou a tal ponto que ele não enxerga mais nada à sua frente.

E, por isso, a minha indignação não é com ele. Dele eu tenho compaixão, tanto é que lhe dei ouvidos e vim responder-lhe com toda a paciência do mundo. Isso é raro rss afinal bate boca e exibicionismo é o que mais se vê nos blogs e eu fujo disso mas eu vi um clamor silencioso nas entrelinhas de sua fala, daí vim falar da minha esperança que está em Cristo Jesus, não fazendo mais do que a minha obrigação.

Isso tudo me entristece profundamente pois na verdade isso tudo que falei foi com amor. E você sabe disso, você também é assim.

E aproveito e agradeço muito por você me auxiliar nessa minha batalha, como bem diz a frase(Ec 4.12) que você colocou sabiamente lá no Café com Leite. Falamos a mesma língua e não podemos nos calar. Assim como tantos outros que aqui vêm fazer seus comentários preciosos, e não para mim apenas. O acesso à web é ilimitado, graças a Deus! Como disse uma amiga, isso aqui é um ministério, e eu não tenho dúvida disso!

E talvez não venha ao caso, mas quando alguém me perguntou dias atrás como eu consigo falar das coisas de Deus estando passando por adversidades (e sendo até julgada como fria e insensível por quem está com a vista embaçada) eu disse que jamais vou deixar de glorificar o nome de Deus, sejam quais forem as circunstâncias.

Como disse Jesus "a boca fala do que o coração está cheio".

Obrigada e que Deus ilumine a sua mente e que a sua lucidez seja a lucidez DELE!

Regina Farias disse...

Cláudio e Wendel,

Vcs também sabe do que falo...

Obrigada pela força!

Meu carinho,

Rê.

Regina Farias disse...

Luciana (minha mais nova amiga de infância rss)

Tudo bem, graças a Deus, e você?
Fico muito feliz com a sua visita aqui!
Então,
Eu também disse aos meus filhos que eles foram agraciados, justamente em cima disso que você falou em relação a não ter corrido esse risco de ser uma "seguidora" dessas doutrinas malucas que oprimem a alma e nos deixam paralisadas por longos anos. Como eu, que fiquei com "Síndrome do Pânico" durante uns 20 anos, sofrendo calada pra ninguém me chamar de doida. E olhe que nem seguidora eu era, pois transgressora e questionadora nata, não queria de jeito nenhum aceitar o que me enfiavam à força na cabeça. Só que eu não aceitei mas quase surtei, pois o terrorismo era tão filho da mãe que você até não segue mas também não fica em paz.
E só o Amor e a Misericórdia de Deus pra nos livrar dessas correntes perniciosas travestidas de amor de divino.

Quanto ao anônimo, entendi que ele quis dizer foi que "Os mandamentos" eram lei de Moisés e portanto, não eram pra ser seguidas.

Em relação à ida ao templo no domingo eu pude entender como sendo fazendo parte do pacote de normas para a salvação. Aliás, para muitos, é no templo (denominação) que está a segurança.
Lamentavelmente é o que tenho visto por aí. E a convicção é que assusta...

Meu carinho,

Rê.

Regina Farias disse...

Afff letra faltando aqui, letra sobrando ali, vão desculpando os erros de digitação.

beijos!

Regina Farias disse...

"Ora, o seu mandamento é este: que creiamos em o nome de seu Filho, Jesus Cristo, e nos amemos uns aos outros, segundo o mandamento que nos ordenou". (1Jo3.23)

René disse...

Rê,

Erros de digitação? Importam, depois desse "show" de pregação do verdadeiro Evangelho? Acho que nem um pouco...

Diante do comentário do anônimo, eu ia citar 1Jo 2.1-2, mas, mais adiante, vi que o João já o fez, apropriadamente. E em relação a esse Advogado junto ao Pai, no caso de pecarmos, a clara indicação de João, o evangelista, é do perdão de Deus aos pecadores, por intermediação de Jesus. Agora, o que Jesus diz a respeito do perdão? Perdoa-se uma vez e, diante de novo erro, a pessoa é condenada? Ou Ele diz que se deve perdoar infinitamente (70 x 7 implica em infinitude)? Jesus nos mandaria fazer algo que Ele mesmo não fizesse?

Bj no seu coração amoroso, Bispa que está mais pra Evangelista e Mestre, e Paz!

Regina Farias disse...

René,

Mas vc não sacou a pretensão, o erro é de digitação e não erro gramatical, se ligou? rsss

Sério, lembro-me agora das palavras do Claúdio, não sei bem se foi no blog da Rô, onde ele dizia que o período em que Deus mais ministrou seu coração foi quando ele passou por uma grande adversidade. E vejo que Deus está fazendo o mesmo comigo.

E que papo é esse de bispa, evangelista e mestre?! Afe! Tô forinha. :) O pastor me paga :P

Meu carinho,
Rê.

René disse...

Não foi só com o Cláudio. O mesmo aconteceu comigo. É bem por aí, mesmo, que Deus age!

Evangelista, pela pregação irretocável feita àqueles que conheceram a religião e que, por isto, desconhecem completamente a Jesus.

Mestre, pela sabedoria aplicada na apresentação do conhecimento de Deus.

Então, o culpado não é o João: é o Espírito Santo! Vai pegar Ele também? rsrsrs

Com muito carinho também, Paz!

João Carlos disse...

Xiiiiiiiii, tá colando!!!!

Episcopisa (parece raça de cobra, daquelas que abrem para os lados, aff) fica melhor????

Como eu vou te pagar se ainda não conseguimos começar a recolher os dízimos e ofertas da galera?

Regina Farias disse...

Gente,

Como dizia uma empregada de minha mãe, mecanicamente:

Só a graça...

Mas era ela que dizia mecanicamente, viu?

bjs

René disse...

João,

Com a pregação dela, vai ficar cada vez mais difícil passar a sacolinha. Ela só prega a Verdade!!!

João Carlos disse...

Diácono René,

É ai que a gente entra! Vamos usar a fama (e a unção) de prosperidade da bispa pra abrirmos uma franquia da igreja Bora Ler em cada cidade com mais de 100 mil habitantes (pelo menos ofi este o calculo que fiz para nossa marca emplacar!).

disse...

A Bispa deu um show no anônimo agora, rsss adorei mana. (Ele) tem ministrado em seu coração, é assim mesmo quando pensamos que estamos fracos aí que somos fortes. Deus seja contigo, bjs!

Regina Farias disse...

Rô,

Até tu?

affff

Agora eu digo com vc

Eu me divirto com vcs :)

bjusssss

Regina Farias disse...

Igreja Bora Ler auhauhauahuahuahuahuahuahuahuahahauhauhauhauhauhauhaauhauhuahuahuahauhauhauhau

Primeira igreja On Line he he

Aí quando formos abrindo novas os nomes seguintes seriam:

Segunda Igreja Bora Ler (Recreio dos Bandeirantes)


Terceira Igreja Bora Ler(Dos Pampas)

E por aí vai...

(Momento abobrinha que eu também sou filha de Deus ai ai)

Anônimo disse...

Vejam bem, tentei postar com o meu próprio nome e, graças a Deus não consegui, senão vocês iriam pensar que fiz com a intenção de aparecer como foi o caso de alguns...
Então, não tenho do que me desculpar, não vejo razão... Agradeço a Regina por haver postado o meu comentário. Tenho certeza que ela ainda está meditando nele. Outra coisa não fiz mecanimente, fiz de coração e com conhecimento de causa mesmo. Só não foi devidamente fundamentado como eu gostaria porque eu não fico tão preocupada em guardar livros, capítulos ou versículos... mas apenas o teor deles... Então como conhecedora de toda a palavra de Deus vos digo, que não sou eu quem pega convenientemente os versículos que me interessam apenas, mas alguns de vocês... REgina com certeza, este mandamento que você postou é o 2º maior mandamento biblico, mas se você ler o evangelho de S. João, nele você vai encontrar que Jesus Cristo disse: aquele que me aceita, aceita as minhas palavras... E em 1º aos Coríntios 11:16, o Apóstolo Paulo nos diz: Nós não somos contensiosos, nem as igrejas de Deus... E no amor de Jesus Cristo está incluído muitas correções... O homem precisa deixar-se ser admoestado ou não crescerá em graça... É o espírito santo que nos guia em toda a verdade, conforme está escrito no evangelho de S.João... É ele quem nos guia e nos diz onde o pecador pecou onde o caído caiu... Se não fora ele, nada saberíamos, porque somos como a maioria... Mas quando decidimos aceitar as palavras do evangelho, nos tornamos nova criatura... Não fazemos mais a nossa vontade, mas a vontade do pai que está nos céus... Eu só comparei com o nosso ordenamento jurídico para que você pudesse compreender que Deus é superior ao homem e não precisa do homem... e sim o homem precisa de Deus... Ele é força, glória, ação de graças, sabedoria, riqueza, louvor e honra. Quem está com Deus, com toda a certeza terá todas estas coisas... Mas somente aqueles que aceitam o que ele determina pela sua palavra; Como já disse, Deus é bom, mas não é bobo, nem cego muito menos burro... Quer ser salvo, siga-o, como fez nosso Senhor Jesus Cristo, que sabendo haver chegado a sua hora, pediu: Pai se possível faz passar este cálice de mim, mas que não seja feita a minha vontade, mas a tua... Para sabermos qual é a vontade de DEus, devemos ser capazes e termos suficientemente sinceridade em nossos corações para questionarmos o próprio Deus como o fez o mancebo de qualidade, tendo recebido de Jesus Cristo a sublime resposta: "vende tudo o que tens e reparte com os pobres", pelo que na hora o mancebo o deixou... E Jesus Cristo, sabendo que ele havia se entristecedo por causa da riqueza falou: "É mais fácil entrar um camelo no fundo de uma agulha do que um rico entrar no céu... (São Lucas: 18:25)... Então, como no passado Balãao, profeta de Deus, teimou em amaldiçoar o povo de Deus, e Deus precisou usar de um burro para que ele entendesse a sua vontade, que não sejamos como Balãao... Que Deus use de homens, como usou de Maria, fazendo gerar em seu ventre o seu unigênito filho, como usou de Moisés para tirar o povo da escravidão e guiá-los pelo deserto, como usou de Abrãao e tantos outros que aceitaram os seus ensinamentos e ficaram debaixo de sua potente mão...
Deus usa do homem que abre o coração e a mente para aceitar a sua vontade... E a vontade de Deus é que andemos em santidade, porque ele é santidade... Nenhum homem consegue se achegar a Deus se não houver em seu coração suficiente humildade... Por isto ele diz em seu evangelho: "escondi a minha graça dos sábios e entendidos e revelei aos humildes que eu chamei".
Que em nós super-abunde a graça do filho de Deus...
Tentei postar em meu nome, mas não aceitou, sorry...

disse...

Eu sou da Segunda Igreja Bora Ler (Recreio dos Bandeirantes)Bora fazer culto online? rsss

Adriana disse...

E no ABC não vai ter não?


Regina,

Você é amada do meu coração.

Quanta verdade e quanto amor em suas palavras.

Todo este movimento que se deu através deste texto é fruto daquilo que você transpira.

Uma aula para aqueles que namoram Jesus mas dormem com Moisés e para aqueles que estão em pleno surto psicotico acreditando que são o Justo Juiz.

Basta de sinédrio, né nega, vamos combinar.

Entendo que o medo de se identificar, talvez seja a expressão da falta de identidade mesmo, defende-se causas, apenas.

Oro, falo com o Pai sobre você, peço que continue te usando.

beijocas e abraços reverentes

Regina Farias disse...

Meninas,

Bora usar os dons rss

Dri, já que você que mexe com a psiquê das pessoas, dava bem pra convencê-las acerca da Igreja Bora Ler, usando suas estratégias que dominam a mente humana he he

Rô,

Você que é da área de Adm. e sabe envolver as pessoas com perguntas, pode perfeitamente ser a presidente geral das IBL on line.

(Momento abobrinha que eu também sou filha de Deus rss)

Beijos, lindonas!

Ah, Dri e ore mesmo, tô muuuuuuito "precisada" :) Ore pela minha família, principalmente meus filhos e noras. E pelo pai deles!!!
E que Deus continue me usando e que me faça discernir o que é minha vontade da vontade DELE. Amém!

Rê.

João Carlos disse...

Dri, acabaste de falar a frase do ano:

"namoram Jesus mas dormem com Moisés"

Isso dá um texto da hora!!!

Eduardo Medeiros disse...

regina, suas colocações são muito boas dentro do parâmetro teológico da nova aliança em cristo. sim, isso é teologia, ou seja, crença que é assim, que o sacrifício de jesus foi vicário e nos livrou da ira de deus.

eu tenho vários questionamentos quanto ao sistema teológico cristão da salvação mas vou te poupar o teologiquês. creio que sua postura espiritual é bem mais sã do que a maioria dos evangélicos.

mas só para pensar, quero dizer que quando jesus diz ou mateus põe na boca de jesus o "não vim abolir a lei mas cumprí-la" não existe nessa afirmativa nenhuma menção de que ele iria cumprí-la para que ninguém mais precisasse cumprí-la.

não vejo nos evangelhos uma boa base para a morte vicária de jesus, a não ser no pensamento teológico de paulo.

mesmo assim, o cristianismo faz um bem ao tirar das costas das pessoas o fardo do "te quem que fazer", da perfeição moral, já que "todos pecaram", ou seja, todos são moralmente falíveis e que deus encerrou todos sob o pecado para usar de misericórdia com todos.

putz, disse que não ia falar e estou falando pacas...kkkkkkk

beijos

disse...

rss Legal, conte comigo, to na área mana, bjs te amo viu? conte comigo. Paz!

Regina Farias disse...

Eduardo,

você fumou o quê mermo?

Numm tindi nadica

Deu um tilti aqui in tico e teco.

Vai ver fui euzinha que fumei rss

Beijos,

Rê.

Regina Farias disse...

Querida anônimA (ueeeeeba já sei que é mulher, considero um grande progresso :)

Acerca do seu mais novo escrito resolvi separar minhas considerações em "tomos" até mesmo para minha própria compreensão. ok?

Lá vai:

Intenção de aparecer

Esse papo de dizer que alguém diz isso ou aquilo com intenção de aparecer, é julgamento bem pessoal, coisa do coração da própria pessoa, a partir de critérios subjetivos. Cada um que se examine e veja quais as intenções do próprio coração. Todos têm uma consciência e a partir dela fazemos uma prestação de contas a Deus.

Pedido de desculpa e agradecimento

Ninguém tem que pedir desculpas nem tampouco agradecer, somos todos adultos e estamos debatendo e não nos digladiando. E já falei que só coloquei o comentário porque percebi certa confusão nas colocações, porém, não tenho a pretensão de mudar a cabeça de ninguém, e, repetindo o que disse antes, só me senti na obrigação. Além do mais, não estou meditando exatamente no que foi escrito, mas estou orando para que Deus abra o entendimento de todos nós!

Fundamentar o teor

É importante que a gente entenda que procurar fundamentar o que se diz ao manusear a Palavra não é preocupação tola. É necessário. Daí a minha ênfase para evitar sair do contexto.

Conhecer a Palavra

Você diz que é conhecedora de toda a palavra de Deus e eu lhe digo: que bom, então! Mas que bom também quando a gente sabe que conhecer a palavra de Deus não serve para nossa intelectualidade, aliás, ela tem que sair dessa esfera da mente e vir para “o chão da existência” (gosto dessa expressão, aprendi com o C.F.) pois ela só serve quando aplicada na vida prática, EM AMOR.


Deus usando os que aceitam Seu ensinamento:

E desculpe a sinceridade, tentar me convencer discorrendo sobre alguns fragmentos bíblicos, me parece mais autoafirmação. Tanto é, que eu leio, leio, leio e cada vez entendo menos, talvez pelo fato de não se resumir em uma ou duas linhas, passagens tão marcantes como essas colocadas. Pra não dizer que não absorvi alguma coisa, posso dizer que Deus não usa apenas “aqueles que aceitam seu ensinamento”. A própria bíblia está recheada de exemplos de “ímpios” usados por Ele. Ele usa as pessoas que Ele quer, quando Ele quer e do jeito que Ele quer. Ele usa o burro e até pedra. Esse negócio de dizer que Deus usou alguém para libertar outro de uma opressão, por exemplo, e por isso bora canonizar e esculpir uma imagem para essa pessoa que foi instrumento de Deus, não passa de CRENDICE RELIGIOSA. Se assim fosse teríamos São Balaão, São Burro, Santa Regina, Santa Anônima, etc.

Em relação a não sermos contenciosos...

Já falei acima. Não é essa a ideia. Não é esse o sentido. Não é essa a intenção. (Se bem que alguns gostam de se estender, outros de polemizar e, pior, ainda há aqueles mais melindrosos que acham que se trata de algo pessoal e que há uma ofensa a alguém particularmente). Não é nada disso. Embora NO AMOR DE CRISTO estejam incluídas muitas correções, parafraseando suas próprias palavras.

Como diz o autor de Provérbios:
“Repreende o sábio e ele te amará. Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio ainda”.
Mas ao sábio...

Meu carinho,
Rê.

Adriana disse...

Pastô,

Escreve ai!
Você faz isto bem melhor do que eu.
Tô esperando.

beijocas reverentes

Regina Farias disse...

Vai pastô, escreve rss

Já tem dois votos :P