"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

O tempo e a beleza




Estava lendo um texto bastante interessante no blog do Marcos onde – com a proximidade de seu aniversário - ele discorria sobre os efeitos da idade. Então comecei a refletir sobre a minha própria trajetória de vida me vendo um pouco naquelas linhas, considerando que já fui coadjuvante de muitos shows da vida como ele cita alguns lá, afinal eu sou um pouquinho mais velha que ele, aliás, quase uma idosa já já rss

Diz o velho ditado aos cultuadores de beleza estética que o tempo não perdoa,  mas eu não entro em pânico (risos) porque a grande sacada é relaxar e saber respeitar os próprios limites. E ser feliz com eles. Nosso corpo pede um pouco mais de calma pois é claro que o nosso ritmo vai mudando gradativamente, a gente vai desacelerando naturalmente, em todos os sentidos.O que não significa que não há alegria e vontade de viver por mais cem anos...

Além disso, como ninguém é só corpo, tem a nossa mente que também desacelera mas não que fique lerda, como dizem erroneamente os mais jovens. O que ocorre é que, chegando aos cinquenta, ela (a mente) fica mais madura e já não precisa correr tanto. Então, tira-se o pé do acelerador da ansiedade e aproveita-se com mais intensidade o que antes se via/vivia mais de relance e com paixão em demasia.

Inclusive -  dizem os especialistas -  se você é professor e ensina boa parte de sua vida, exercita muito mais a mente e o risco de "se agarrar" com Alzheimer é menor do que se não há esse exercício intelectual. Oba,  já tô na vantagem rsss comecei a monitorar em sala de aula aos 14! A long long time ago...

Mas, olha - e isso é opinião bem pessoal - se você estiver insatisfeito(a) com alguma ruguinha chata, uma papada insistente, uma pálpebra caída antes do tempo, um bracinho mais gordinho (euzinha he he) é só dar uma passadinha no cirurgião plástico de sua preferência. Mas, de leve, sem apelações, pois ninguém se iluda achando que esticando tudo vai parecer que tem vinte anos de idade. Chega uma hora que tem que relaxar e curtir a inevitável cara de maracujá mesmo, e daí? Minha mãe (foto) tem 85 anos e é linda!

Falando nela, lembro-me de um telefonema de uma irmã minha pedindo que procurasse me informar sobre tipos e preços de aparelho auditivo para minha mãe, pois  segundo ela, tem uns bem discretos e que não causam constrangimento nos mais vaidosos e tal... Daí, durante o telefonema, alguma coisa me escapava à audição e eu pedia para ela repetir. Então a engraçadinha disse que eu aproveitasse e visse um pra mim também! Achei graça e tal, mas disse e repito aqui que não tenho nenhum problema com isso (sou apenas filha de mãezinha resistente, abafa he he), que sou totalmente desencanada e o que eu precisar utilizar para melhorar a minha qualidade de vida eu não medirei esforços em alcançar.

Então, eu vejo assim. Não tem angústia, não. É só viver as fases, na boa, optando por uma boa qualidade de vida de modo geral. Não cair na preguicinha (Como eu, de vez em quando rss) e fazer exercícios leves e regulares, sem que seja necessário grandes esforços, como também optando por alimento que, em vez de aumentar colesterol, os “queime”. Lembrando sempre da  interação entre os aspectos mental, emocional, espiritual e físico da nossa vida, e, principalmente, lembrando que nenhum tratamento de beleza estética é capaz de esconder um coração sem beleza.

A coincidência é que ontem, em revista teen, eu lia uma matéria de uma atriz muito conhecida onde ela abordava justamente sobre esse lance de idade chegando, enfatizando a auto-estima. Entretanto, por mais que ela disfarçasse com colocações bem humoradas, dava pra ler nas entrelinhas a angústia e supervalorização em relação à pele firme das mais jovens e as "cruéis" mudanças na pele, nos tecidos, nos cabelos, "nos tudo" das mulheres da casa dos "enta"...

Até aí tudo bem, mas o estranho é que durante o texto inteirinho se percebe (pelo menos é o que me passou) que sua única preocupação era em relação à estética, quando esta é apenas um dos requisitos da beleza como um todo que vai influenciar diretamente na auto-estima.

Ela diz para a jovem diminuir a autocrítica e para se aproveitar e se amar enquanto está bem na foto só porque tem a pele lisinha ainda que seja magrinha, que a banha está durinha mesmo na gordinha e o cabelo brilhante, ainda que crespo. Tudo bem, concordo. Só acho que ficou meio incompleto. Ora, se amar, sempre! Afinal, ninguém é só beleza exterior, e não é só exterior que conta para uma autoestima em alta. (Oops, foi mal o trocadilho).



“SENHOR...
ensina-nos a contar os nossos dias,
 para que alcancemos coração sábio”
(Salmos 90.12)

9 comentários:

disse...

Legal seu texto Re, e sua mãe ta enxuta hein, com 85 anos?? Caramba que Deus nos ajude a chegar assim, com a pele linda. Eu só sei que enquanto houver tinta de cabelo e cirurgião plástico lá estou mana,e sei que quando estamos bem com nosso corpo ou seja, nossa aparência,e bem espiritual aí sim nos sentimos bem felizes, isso ajuda muito na auto estima. E posso te dizer que entrei na fase do (enta) muito bem, adoro minha idade, me sinto muito mais mulher hoje. Paz!

João Carlos disse...

Bispinha....

Ahhhhh que fofa! Tá disfarçando mas tá na nóia ein? Este papinho de "a beleza interior é a que conta" é para aplacar (gostou?) as angústias... rererê!

Brincadeiras a parte, pode crer, é isso mesmo. A idade não está ligada de forma alguma ao passar dos dias, e sim com a forma como você encara a vida.

Eu por exemplo estou com 4.1, mas com corpinho de 4.0 (risos...) e cabeça de 25 em relação ao que espero da vida, mas com a experiência de quem vem tomando chicotada, porrada etecétera mas sempre relutando em ficar prostrado no chão.

Isso em todas as áreas: do físico ao espiritual, passando pelo emocional e bal bal bal...

Malho quase todos os dias, procuro me alimentar de forma saudável, dou muita risada, vou a praia sempre, não abandono minha Bíblia por mais que dois ou três dias, torço pro meu Porquinho Verde, amo minha mulher, tomo meu bom vinho, ouço meu bom e velho rock and roll, vez ou outra saio a noite para ver meus amigos tocarem, tô sempre ligado no que acontece no mundo e por aí vai.

Minha última moda agora vai ser pular de pára-quedas até o fim do ano. Tá tudo esquematizado. Adoro fortes emoções (ser palmeirense e morar no RJ não tem sido suficiente...)!!!

Pode parecer que não, mas isso tem tudo a ver, faz parte de quem você é, de quem você projeta ser, etecétera e tal...

Tanto é que quarta feira agora, dia 03/11, vou entrar na faca: farei uma artroscopia no joelho esquerdo, bichado a quase 20 anos na época que jogava basquete.

Por que falo isso? Porque eu me amo, quero o melhor para mim!

Um dia vou ficar velho no físico, mas não entregue ao possibilismo. Vou correr sempre atrás do melhor para mim (no bom sentido)..

Afff.. to parecendo minha amiga bispa no pequeno comentário!

É isso ai Rê, o tempo corre a nosso favor pela postura que temos em relação à vida!

Beijos - JC

Regina Farias disse...

Rô, minha linda,

Na verdade ela tinha aí 79, mas foi a que eu achei mais bonita rss E eu espero mesmo chegar na idade dela e com a lucidez que ela tem. Pense numa memória, dá de dez em euzinha rss

Beijos,

Rê.

Regina Farias disse...

Pastor, rapaz, abafa!

Só porque o senhor já conhece minhas ansiedades não precisa espalhar para a net inteirinha, afe!

E olhe que eu tenho fama de hiper ativa, e, falando em desacelerar, imagine como eu sou rss Todo mundo se admira de minha energia em excesso. Mas tem hora que cansa a beleza he he

Mas aí eu me reergo e digo pra euzinha: força na peruca!

Ah, nem te conto rss Essa semana recebi uma foto de uma tia que mora em Brasília passeando de jet ski (vai ser meu próximo texto rss)

Aí falei: essa é das minhas!

Ah e boa sorte na cirurgia. Meu filhote Léo também já fez e ficou novo, novo.(Ele já tinha se submetido duas vezes à mesma cirurgia, com dois médicos diferentes e foi uma droga. Daí ele fez a terceira com Romeu Krause, "o cara" em joelho, referência nacional, inclusive. qualquer coisa venha pra cá! (Brincadeirinha, vai dar tudo certo, eu creio!)

Deus te abençõe!

R.

Regina Farias disse...

Ah eu errei:

As fotos que recebi foram do casal.

Ele com 89, ela com 84.

Pense num casal radical rss

Mariani Lima disse...

Oi, Regina!
Eu só acho um desaforo (rs..) os homens serem bem menos cobrados pelos anos. Os homens entram nos "enta" e vem a história do vinho blá, blá...mulher fica coroa e todo mundo cobra a bunda dura, a barriga sarada etc.. Essa coisa cultural é que estraga um pouco. E também esse modelo de beleza que a mídia impõe. Pra começar, colocam uma atriz de trinta anos para viver um papel de um personagem de 50 só pra criar um paradigma de mulher "conservada". Tirando isso, acho que toda mulher é vaidosa, gosta de se arrumar, de ficar bonita e cheirosa e isso vale pra qualquer idade.
Beijos e fique com Deus!

Regina Farias disse...

Mari

Também acho uma tremenda sacanagem essa cultura machista que se impõe veladamente.

Se a mulher cinquentona tem cabelos brancos é desleixada, se for num homem da mesma idade, o cara é charmoso. Quanta maldade!

Ah, e eu acho novela um desserviço à sociedade por essas e outras...

Quanto a se produzir, também concordo que vale pra qualquer idade, sim! Com bom senso. :)
Acho muito legal uma senhora idosa que se arruma de forma elegante sem apelação.

De atriz, gosto muito da Hellen Mirrer.(The Queen) Pra mim ela se destaca, por saber envelhecer com classe.

Beijos,

R.

Regina Farias disse...

Oops! Helen Mirren :)

disse...

Eu só sei que me sinto super bem com meus 4.4 e to com corpinho de 3.7 rs rs
aí sou feliz demais com minha idade, hoje sou mais experiente e sei o que quero, e como gosto. Realmente os homens é menos cobrado que as mulheres nesta fase, mas ha de convir que a lei da gravidade é muito pior pra mulher Mariani. Paz!