"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

terça-feira, 5 de outubro de 2010

É proibido





É proibido chorar sem aprender,

Levantar-se um dia sem saber o que fazer

Ter medo de suas lembranças.


É proibido não rir dos problemas

Não lutar pelo que se quer,

Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.


É proibido não demonstrar amor

Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.


É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender o que viveram juntos

Chamá-los somente quando necessita deles.


É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,

Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,

Esquecer aqueles que gostam de você.


É proibido não fazer as coisas por si mesmo,

Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos,

Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.


É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,

Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.


É proibido não tentar compreender as pessoas,

Pensar que as vidas deles valem mais que a sua,

Não saber que cada um tem seu caminho e sua sorte.


É proibido não criar sua história,

Deixar de dar graças a Deus por sua vida,

Não ter um momento para quem necessita de você,

Não compreender que o que a vida te dá, também te tira.


É proibido não buscar a felicidade,

Não viver sua vida com uma atitude positiva,

Não pensar que podemos ser melhores,

Não sentir que sem você este mundo não seria igual.



(Pablo Neruda)

11 comentários:

Cláudio Nunes Horácio disse...

Muito bonito. Graça, paz e bem.

disse...

Adoro Pablo Neruda.

É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,

Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.


A saudade sempre dói um pouco mesmo que tenha sido bom, mas saudade é ausência de algo ou alguém.

Não da pra esquecer o semblante de quem amamos.

Apagar o passado , não da , não sofro de amnésia.
Bom. Muito bom. Paz!

disse...

Por isso que é proibido. bjs!

João Carlos disse...

Oi bispa!

Esta lista me proibições eu sigo.... só essa!!!

Adriana disse...

Neruda é tudo de bom!!
Caiu como um a luva, no meu dia cheio de proibições tolas.

obrigada

beijocas

disse...

Re tem um selinho pra ti lá no meu blog em agradecimento por vc fazer parte dos meus 400 amiguinhos do Mulheres Sábias, recebe lá, ou melhor pegue lá maninha, o selinho se chama (blogueiro fiel) . Bjs!

Família Bernardes disse...

Olá Regina,
quero te agradecer por sua visita e por seguir meu blog.
Sinto-me muito honrado em gente de Deus com conteúdo frequentar um blog despretencioso como o meu.
Fica a vontade,
Paz de Cristo!

disse...

Re não vai querer o selinho que te ofereci lá no blog?? é em agradecimento pelo 400 amigos do meu blog. bjs!

Paulinha disse...

Oi amiga Regina!! Quanto tempo!

Espero que esteja tudo bem com você...saudadess...

Adorei muito este ensaio do Pablo. Muito conciso e relevante para as nossas experiências cotidianas...

Complemento..

É proibido,
Viver a vida dando importâncias demais para outro,
E esquecer-se de si por instantes...

Ame muitos amores, mas nunca esqueça de amar-te em primeiro lugar..

É preciso amar..e ser amado,

E amar-te..para ser mais amado ainda..

Beijos querida.

Regina Farias disse...

Gente,

Valeu pelo carinho e presença!

Estive fora esses dias e como foi programação intensa e intensiva rss não teve um espaçozinho sequer para abrir comput e escrever ou ler algo affff

Paulinha, sua sumida!:)

Rô, vou lá agora ver, ok?


bjussss a todos

R.

Erica Serpa disse...

"É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se desencontraram,

Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente."

Porque a nossa esperança é um futuro bem diferente. Ainda que doa.

Neruda é um dos meus poetas favoritos, embora eu não tenha lido nem 1/3 de suas obras. Em compensação, me emocionou ao visitar uma de suas casas, num bairro charmosíssimo em Santiago.

Confesso que me emocionei, lendo. A saudade, na maioria das vezes dói, no entanto, só dói porque algo foi bem, dentro de tantas situações embaraçosas.

Eu acho que tem a hora de voltar, porque dá saudade da vida - e vou com Deus, porque Ele, realmente, é o único que habita esta minha solidão no meio de tanta saudade.