"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Que tipo de crente é esse?!


Desculpem, mas é necessário de vez em quando, uma sacudidela, para que as pessoas se deem conta das atrocidades que cometem em nome da denominação que idolatram. Assim como aqueles que assistem e se calam, convenientemente coniventes. Esse crente produzido por denominações e 'ministros' deixaram de ter a Jesus Cristo como base e sustentação da sua fé e doutrina; esse tipo de crente produzido por certos líderes que usam o nome de Jesus enquanto ignoram a Sua Doutrina...

Mas que tipo de crente é esse que algumas 'igrejas' e 'ministros' estão criando em nome do Senhor Jesus?
Você deve estar se perguntando, mas quem é o m#&*@ de crente que o autor deste texto está falando?
Estou falando daquele que se diz cristão, mas desconhece ou ignora a sua própria condição humana e pecaminosa; estou falando de gente que se diz servo do Deus Altíssimo e é totalmente negligente e impiedoso com aqueles a quem deveria amar mesmo com suas imperfeições; estou falando de gente incapaz de se colocar no lugar do próximo e que, por isso, não hesita em deixar se afogar aqueles a quem ele deveria jogar a bóia e levar para um porto seguro; estou falando de crente que endeusa seus ministros, estou falando de pessoas que sobem no pedestal da vaidade e afirmam que jamais tropeçam.
Estou falando daqueles que desvalorizam o sacrifício da Cruz para que TODOS fossem resgatados e justificados, estou falando daqueles que  fazem pequeno o Reino de Deus afirmando que apenas membros da sua denominação serão salvos.  (E SERÁ que estes acreditam mesmo que o Reino de Deus é cerca de 6 vezes menor que a CIDADE de São Paulo, ou seja, que apenas 3 milhões de pessoas estão sobre o favor imerecido que é a graça de Deus e habitarão na Sião Celestial?)
Esse tipo a quem me refiro é incapaz de usar a Bíblia para cumprir o “Ide e Anunciai”, mas é ligeiro e muito hábil em usar sua língua para  ameaçar, intimidar, amaldiçoar, parecendo mais com feiticeiro do que crente.
Vejamos uma prova disso em um comentário extraído do BLOG DO JULIANO:
E o senhor, irmão Juliano, deveria parar com essa coisa de ficar revirando os rudimentos da Obra. Deus tem reservado o cuidado da Sua Obra aos seus atalaias constituídos. A Assembléia Geral já deu um toque de misericórdia, mas parece que essa gente ainda não entendeu.O Santo Ministério tem profetizado uma grande tormenta sobre essa turma de blogue especuleiro. Os Santos Servos determinaram um câncer sobre a língua e a garganta desse grupo a começar pelo xereta lá da América do Norte. A Palavra falou ainda que além da língua apodrecer na boca e descer em pedaços garganta abaixo, as mãos cairão dos punhos (porque usam esse membro de maneira desobediente escrevendo sem autorização aquilo que não é de domínio público). E se isso não bastar, toda a parentela dos teimosos será dizimada para exemplo daqueles que ainda tem juizo e amor a vida. E cuidado com esse rapaz de Americana que segue na sua relicarice idólatra sem tomar tino.”
Esse tipo específico de crente sai por aí intimidando os que exercitam a “Liberdade ao Pensar”. Esse tipo específico faz parte da ‘comunhão’ dos que instituem inquisições, perseguem, ameaçam com 'profecias', e até com 'promessa' de violência física, como bem vimos aqui alguns meses atrás.  Investigam, produzem pseudo-dossiês e difamam pessoas. Simplesmente porque elas editam blogs cujas ideias diferem das suas, julgando-se cheio de ‘entendimento’. Como se o Espírito de Deus fosse mero competidor religioso.
Esses, que hoje apedrejam sem dó nem piedade com sua ironia, desdém e coerção, são tão pretensiosos e cegos que certamente apedrejariam a adúltera, quando Jesus falasse: “Atire a primeira pedra quem não tem pecados”.
Enfim, esse tipo de crente, é muito fácil de ser reconhecido. Na verdade nem crente de verdade é. Não passa de fantoche do diabo em vestes aparentemente cristãs.
.......................................................................
O texto não é meu, mas assino embaixo,
 Regina Farias.




“Os olhos do SENHOR estão em todo lugar 
contemplando os bons e os maus”.
(Pv 15.3)

10 comentários:

Ricardo Mamedes disse...

Cara Regina,

Desculpe pelo sumiço, mas o dia-a-dia tem sido atribuladíssimo! Mas continuo lendo e acompanhando o blog, ainda que sem comentar.

Quanto ao texto (muito bom!), esse é o pior tipo de "crente", do tipo que se acha no direito de jogar pedras nos outros, mas nunca olhando para dentro de si. Aliás, não olha porque o retrato seria por demais horroroso, certamente tão feio quanto aquele de "Dorian Grey" do Oscar Wilde (hehehe).

Grande abraço, cara poeta e escritora!

Ricardo.

Wendel Bernardes disse...

Rê,
infelizmente as sandices religiosas estão tão enraizadas na vida espiritual dessa gente, que trocam facilmente a 'fé genuína' pela 'fé fingida' que as escrituras denunciam!

Eu mesmo fui um dos 'mantenedores' dessa faceta religiosa. Embora hoje creia que ser assim é um erro, tenho certeza de que alguns que agem assim o fazem por completa ignorância!
O que não justifica em nada a continuidade desse fato.

Agora, pergunta pertinente...
existe algum tipo de crente (religioso) que 'presta'????
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Foi mal,
Paz!

Juliano disse...

Regina,

De fato, devemos ter muito cuidado em como nos relacionamos com nossos irmãos.

Nossa vida deve ser iluminada pelo amor cristão, aquele mesmo que tudo suporta (I Cor., 13).

Por isso, sempre devemos trocar a acusação por uma oração, a maledicência por um aconselhamento.

Parabéns, aliás, pela linguagem sóbria e pela sensatez que tem demonstrado.

Na paz de Deus,
Juliano

CARLOS HERRERA disse...

olá Regina,

gostei!

piamente, creem que ser servo de Deus, é carregar a bibia numa mão e na outra o chicote da justiça divina.

acham que são detentores da verdade, e se colocam como os inquisidores do pseudo-evangelho adotado por eles.

Assim como Saulo, são "zelosos" ao extremo, a ponto de perseguir os diferentes, mas absolutamente impiedosos, a ponto de matar espiritualmente os que não se submetem aos seus dogmas...

E, ser omisso diante deste quadro, é encontrar-se num estado letárgico e complacente, andando (cosciente) de mãos dadas com os senhores da religião.

Deus em Mim disse...

Boa tarde...
Nosso Deus é maravilhoso em todos os momentos da vida,e permitir que eu pudesse conhecer pessoas como você foi algo tremendo,que mostra o quando Deus cuida dos seus filhos.Que as benção do Pai venha sobre a sua vida,lhe inundando o coração com muita paz,amor, e sabedoria,para continuar lutando contra as investidas do inimigo que muitas vezes vem para tentar te afastar dos planos daquele que te criou.
Fique na paz.
Um forte abraço.


✿ Nanda ✿
Deus em Mim
Coisas de Mulher

Regina Farias disse...

Ricardo,

Confesso que tb dei chá de sumiço até nos blogs 'mais chegados' como o teu.

Ainda tô voltando devagarinho, mas o respeito e a admiração por alguns aqui só aumenta...

E esse texto acima não é de minha autoria, mas a minha indignação com esse tipo de postura é tanta, que fiz questão de registrar aqui!

Grande abraço tb, colega :)

R.




Wendel,

Como falei lá no teu blog, a parte maravilhosa disso tudo que a gente finda por experimentar, é que Jesus nos salva de nós mesmos. Do nosso legalismo, nossos dogmas, nosso fundamentalismo, da nossa intolerância religiosa que só GERA desamor.

Amém!!!


Juliano,

É um prazer ter você comentando por aqui.

Também gostei muito da forma como vc expõe seus pensamentos.

E cá pra nós: nada como uma puxadinha básica de orelha nos 'meninos na fé'. E, como diria minha avó, com uma luva de pelica, para não entrarmos na onda da acusação. Você sabe do que estou falando rss

Seja sempre bem vindo!


Carlos,

Quanto tempo! Fico feliz com sua visita!

Como você diz, não podemos nos omitir, pois silêncio é sinônimo de consentimento.

E desses 'zelosos' perseguidores eu quero é distância! Pois sabemos que inflexibilidade é sinônimo de destruição e morte.

Abs,


Oi, Nanda.

Obrigada pelas palavras de fé, amor e esperança.

Que Deus te abençõe grandemente!

Beijos,

R.

René disse...

Oi, Rê,

A conclusão do texto é perfeita: "Na verdade nem crente de verdade é. Não passa de fantoche do diabo em vestes aparentemente cristãs", afinal, até o diabo crê e treme.

É bom lembrar que os discípulos também agiram de forma semelhante a esses religiosos, antes de sua conversão. A diferença é que aqueles perguntaram ao Senhor se poderiam amaldiçoar um povoado samaritano com fogo do céu, antes de fazê-lo. Mais adiante na Palavra, aprendemos que eles ainda não eram convertidos naquela época, apesar de serem seguidores de Jesus.

Forte abraço e Paz!

Regina Farias disse...

Pois é, René...

Veja uma pequena amostra dos destroços que causa o tal do fundamentalismo! E isso, em pleno Ocidente do século 21!

E, observe que detalhes mórbidos de uma punição perfeita, não só tem a ver com os fantoches do tinhoso, como causa inveja a qualquer personagenzinho assustador de filme de terror 'roliudiano'.

A língua apodrecer e descer em pedaços garganta abaixo?!

Essa pessoa nunca teve alguém com câncer na família nem entre seus melhores amigos? Esse indivíduo é um perfeito ignorante em absolutamente TUDO. Além de completamente DESALMADO.

Mas, olha. Pensando bem, até que não é ruim de todo, ler atrocidades assim. Pois que nos alerta para onde estamos pisando.

Primeiro, porque essa descrição torpe não pode ser jamais vinda da mente e de um coração de uma pessoa ou grupinho religioso que seja, de fato, genuinamente convertido. Pois, como você bem acentua, amaldiçoar não é típico de um discípulo de Jesus. Ora, convenhamos! Uma pessoa transformada pelo Sangue de Cristo, além de não verbalizar jamais nada que se igualasse a isso, teria compaixão de um sofrimento ao menos parecido com essa pérola supostamente 'profetizada'.

Segundo, precisamos ficar atentos para o tipo de espírito que 'falou' usando essa maldição. De fato, está bem claro que é um espírito quem o induz mas pensemos e estejamos sempre alertas à pergunta: de onde provém um espírito assim?!

Quer saber? Isso não passa de ação criminosa. Essa 'Assembléia Geral' ou 'Santo Ministério' que determina isso, merece mesmo é ser enquadrado na lei por disseminar essa sociopatia 'em nome de Jesus', causando sérios transtornos nas mentes dos outros também ignorantes, mas gente inocente e sugestionável que se neurotiza pelo terrorismo,ficando impedida de ENXERGAR a Verdade ao serem conduzidas por lideres reacionários.

Estes coitados, que de tão ingênuos e 'simples' aprendem, creem e seguem cegamente 'a palavra' que sai da boca do líder que se posta lá em seu púlpito como se fosse o próprio Deus falando, anulando o PERFEITO sacrifício realizado na CRUZ.

A estes, deixo um provérbio bíblico:

"O simples (ingênuo) dá crédito a toda palavra, mas o prudente atenta para os seus passos". (14.15)

E obrigada pela sua visita.

R.

Regina Farias disse...

Correção: (EM VEZ DE 'SEREM CONDUZIDAS')


"... gente inocente e sugestionável que se neurotiza pelo terrorismo, ficando impedida de ENXERGAR a Verdade ao SER CONDUZIDA por lideres reacionários".

Adriana disse...

"A religião envenena tudo" é a frase emblemática que se encontra facilmente no livro do Christopher Hitchens, jornalista e escritor ateu que descreve esse tipo de ação dos religiosos que matam, mandam matar.
"deus não é grande" é um bom livro para despertar uma ojeriza e para nós que já a temos serve para confirmar que não há como engolir este tipo de sistema.

Grande abraço