"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

domingo, 29 de maio de 2011

Amigo







Amigos são como anjos que podem até salvar um dia! Como aqueles dias em que você fica meio para baixo... Pois é, eles aparecem e te fazem sorrir. E te dão a sensação de que você não perdeu o seu dia.

Eu creio em anjos. Sempre cri, apesar de nunca ter visto um desses, que existe no imaginário das pessoas.  

Sei que estes trabalham em silêncio. Já os de carne e osso... esses frequentemente os vejo. Não raras vezes são mensageiros de paz. 
Engraçado! Alguns deles se parecem conosco em quase tudo ou em muitas coisas. Até nos tipos de dores se parecem, como em algumas percepções da vida.
São anjos poderosos, os verdadeiros amigos e irmãos de alma e espírito. Talvez seja necessário um certo tanto de sensibilidade para sentir o poder desses anjos terrestres.
Ambos existem: os anjos da outra dimensão, como os que habitam a nossa dimensão - os humanos, os verdadeiros humanos. Estes últimos são os que mais me fazem bem. E, é claro, assim como os da outra dimensão, estes anjos terrestres também são enviados de Deus.
Hoje mais uma vez esta verdade foi comprovada por mim: os amigos são dádivas de Deus.
Título original: Eu Creio em Anjos, e Você?
Grifos meus-RF

5 comentários:

René disse...

Texto lindo, este, Rê!!! E muito verdadeiro!

O que achei mais interessante é que as qualidades do amigo descritas aqui são exatamente como Jesus indica que deve ser o nosso comportamento! Talvez por isto, a conclusão de que os amigos são dádivas de Deus!!!

Forte abraço, minha amiga, e muita Paz!

Charis Dei disse...

Verdade, amigo é tudo de bom. Raros e poucos. Beijo.

Dc. Carlos Torres disse...

Amigo é coisa preciosa! E existe! Acho muito bonito quando Milton Nascimento diz: Amigo é coisa pra se guardar...
Paz!

Alan Capriles disse...

Oi, Rê!

Concordo plenamente. Amigos são mesmo como anjos, e como enfatizou nosso querido amigo Renê, são dádivas de Deus.

Tenha uma ótima semana!

Ricardo Mamedes disse...

Regina,

Uma pena que eles sejam raros... Mas são mesmo dádivas de Deus.

Ricardo.