"NÃO EXISTE NENHUM LUGAR DE CULTO FORA DO AMOR AO PRÓXIMO"

Translate

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Plenitude




Deus quer que tenhamos não apenas longevidade, mas principalmente com qualidade de vida.




Cuidar da saúde física e mental é ato de bom senso, primeiro por ser o corpo o Templo do Senhor, daí a necessidade de uma boa saúde emocional e espiritual.

E cuidar por meios naturais vem desde a criação (Gn 1.29) quando Deus determinou o que comer ao primeiro homem, prescrevendo posteriormente dietas de saúde como medicina preventiva para que o Seu povo não contraísse as doenças do Egito (Ex 15.26); também orientou Daniel a manter vigor e boa forma física, estabelecendo princípios alimentares (Dn 1: 11.14) e inspirou Tiago a escrever que oração e unção com óleo, em nome do Senhor, auxiliam na cura (Tg 5.14)

Deus quer o melhor para a nossa existência!

A Sua proposta é que tenhamos uma vida saudável em todos os aspectos a fim de que possamos viver com plenitude, uma vida em constante transformação.

Afinal, somos peregrinos que almejamos felicidade eterna, mas também felicidade aqui e agora! Mesmo em meio às intempéries, às aflições, mas com inabalável alegria no coração. E sendo assim, com essa estranha alegria... Só mesmo no Senhor!

Jesus disse: “Eu vim para que tenham vida, e vida em abundância!” em demonstração de que ele não só queria como tinha a cura.

Ele é a Cura.

Os enfermos na alma... só com o amor de Jesus conseguem se libertar!!!

Como por exemplo, o paralítico do tanque de Betesda, (Jo 5) que não conseguia se libertar da paralisia porque sua alma estava acorrentada, sua auto-estima completamente minada... “ah, dá não, não tenho ninguém...”

E quando Jesus se encontra com ele mais tarde, o alerta para não mais pecar senão lhe ocorreria coisa pior. E o pecado era justamente não ter esperança! Pecado esse que fora neutralizado pelo amor de alguém que o paralítico nem sabia quem era, só sabia que teve atenção a ele e acreditou nas suas possibilidades sem demonstrar peninha estagnada.

Alguém que confiou, deu crédito, respeitou, deu atenção!

Isso é AMOR!

E Jesus sugeriu ação!

Em outras palavras, Jesus disse: “Se queres ser curado, levanta daí e vai em frente!”

E eu imagino a carga de AMOR que Jesus usou em suas palavras encorajadoras, para que o milagre acontecesse. Até porque a Jesus não interessava a paralisia do corpo apenas, mas principalmente a da alma!

A apatia! A falta de atitude!

E o mais incrível dessa passagem, é vermos que o paralítico não foi curado pela fé, até porque ele nem sabia quem era aquele que se dirigiu a ele; esperança então, nem se fala, pois se o mesmo tivesse esperança, ele não ficaria 38 anos paralítico “apenas” próximo de águas que lhe diziam ter poderes curativos tremendos! Aliás, ele mesmo os viu!

Como ilustrou um pregador a respeito desse paralítico -“ninguém me ama, ninguém me quer, ninguém me chama de meu amor.” - era o que o deixava sem ação! Era justamente a desesperança!

Portanto... Bora ser feliz, começando por sair do lugar rss !!!



“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três;
porém o maior destes é o AMOR.”
(1Co 13.13)

5 comentários:

João Carlos disse...

Regina, amada irmã

Obrigado pela visita em meu blog. Dei muita risada, adorei o que você escreveu. Acabei de postar lá a letra e o vídeo com um clip montado (não por mim, senão não teria escrito 'cínico' com 's') da música do Raul Seixas, 'Pastor João e a Igreja Invisível'.

Ele esculhambou geral com a igreja evangélica brasileira, com toda a razão.

Besides, gostei muito deste seu post. Muitas igrejas menosprezam a saúde física em detrimento à saúde espiritual, interpretando erroneamente o conselho de Paulo a Timóteo em 1Ti 4:8 "Pois o exercício corporal para pouco aproveita, mas a piedade para tudo é proveitosa, visto que tem a promessa da vida presente e da que há de vir".

Aqui no Rio (sou de SP), a primeira igreja que frequentei (por pouco tempo) ficava no térreo de um prédio onde a academia que eu frequento fica no andar de cima.

Ia todo dia malhar e aos domingos ia na igreja, MAS nos dias de culto durante a semana eu passava em frente à igreja de bermuda, camiseta e tênis. O pastor (auto-entitulado bispo) teve a pachorra de, durante um culto dominical, olhar para mim com cara de profeta e citar o texto acima durante o culto, dizendo que haviam pessoas lá da igreja que preferiam ir malhar do que ir a todos os cultos.

Ele é neo-pentecostal e obeso, 'vive da fé', misericórdia.

Deus te abençoe querida!

Um abraço

João (só João, não sou pastor.. rere)

Regina Farias disse...

João

Tem muito líder "espiritual" que faz essa sacanagem. Sei de alguém que recentemente foi convidado para ir a uma "igreja" dessas e só porque ele foi com uma roupa "diferente" e tem um estilo diferente daquele exigido aos ungidos, o pregador olhava ele atravessado até que em dado momento ele GRITAVA e repetia coisas do tipo "hoje o diabo está aqui, mas eu vou expulsá-lo" e olhava para o tal músico underground enquanto bradava e gesticulava apontando mesmo pra ele. Pode?!
E certamente foi completamente frustrante a empreitada exorcista pois o bom moço não se sugestionou e continuou lá até o final do "culto".

Ah!... e eu tava cá pensando com meus botões...
Se obesidade fosse sinônimo de saúde física, mental e espiritual, Buda teria chegado ao fim da vida bem magrinho... :)
Abs...

Ricardo Mamedes disse...

Olá Regina,

Há pessoas que se esquecem que vivem "neste mundo", não somente se sentindo forasteiros aqui (isso de fato somos), mas se isolando, como se o contato com "os do mundo" fosse contagioso.

Vivemos aqui e enquanto vivermos devemos interagir com os nossos semelhantes. O próprio Cristo, quando por aqui passou, sentou-se à mesma mesa com publicanos e prostitutas, asseverando que veio "para doentes e não para os sãos", para trazer "a espada, e não a paz".

Equilíbrio é a palavra. Penso que devemos perseguir não somente a paz, o amor, a bondade, a benignidade, como também o equilíbrio, principalmente.

Muito bom o post, Regina. Parabéns. A sua escrita é fluida.

NEle,

Ricardo

Regina Farias disse...

Ricardo

Poizé...

A gente até tenta ser forasteiro saudável e equilibrado...

E quer saber?

Penso que Jesus disse que veio para os doentes e não para os sãos, posto que estes últimos "se achavam" sãos de tão pretensiosos, mas de sãos eles nada tinham. Ou seja, somos todos uns doentes mesmo e só Ele nos Cura.

Acho que a célebre "de perto ninguém é normal" que atribuem a vários - de Tolstoi a Caetano - de repente era Dele rss

(Num liga pra meus devaneios não...)

Abs!
R.

Pr Waldyr disse...

Prezada Regina,
Parabéns pelo excelente texto que vem nos despertar para a vida plena e abundante que Jesus nos prometeu. Sem dúvida é necessário haver equilíbrio entre o espiritual e o físico para um viver sadio. Achei interessante e relevante quando você fala das atitudes que precisam se vividas por aqueles que necessitam do milagre! Sempre ao curar alguém Jesus esperava antes ver respostas de atitudes na vida daqueles que precisavam do milagre. Elaborei um texto mencionando um pouco dessa verdade que tem como tema Ele se compadece de nós! em meu blog Maturidade em Cristo, onde falo um pouco das atitudes que devem ser vividas por aqueles Sabem que têm um Sumo Sacerdote que se compadece de seus filhos! Que Deus continue abençoando sua vida e usando-a sempre como canal de bênçãos para outras vidas.

Em Cristo Jesus,

Pastor Waldyr